Guarde sua sinceridade com você!

October 21, 2016

 

Você se considera uma pessoa sincera? Você sempre diz o que pensa sobre alguém e entende que sua transparência é uma qualidade?

 

Bem, o que eu posso dizer é que se a sua sinceridade não tiver como resultado colaborar para o desenvolvimento da outra pessoa, muito provavelmente o que ela irá gerar são ressentimentos, conflitos e quebra de relacionamentos.

 

Em outras palavras, dizer o que pensa só para aliviar o seu lado, sem garantir que a mensagem foi recebida de uma forma produtiva pela outra pessoa, NÃO VALE A PENA!! Ninguém tem o direito de entregar, por meio de suas palavras, uma "verdadeira granada, prestes a estourar nas mãos de alguém".

 

E se esta for a melhor projeção que você possa ter sobre algo que planeja compartilhar com alguém, faça um favor para si e principalmente para os outros, guarde sua sinceridade com você mesmo. E não se sinta mal por isso porque isso é ter inteligência emocional! É controlar suas emoções e seus comportamentos para gerar resultados melhores, ou evitar prejuízos muitas vezes irreparáveis.

 

Voltamos, aqui, ao princípio de outros temas que já abordei em vídeos anteriores: quem quer ter e manter relacionamentos de qualidade deve garantir que suas intenções se traduzam em atitudes que gerem o impacto desejado nos outros. Portanto, não basta apenas ter boa intenção!

 

Mas, como, aumentar as chances de que sua sinceridade gere os resultados esperados? Siga essas três dicas:

 

  • Confirme que a pessoa quer sua contribuição - Não suponha, pergunte: "Você quer saber a minha opinião?", "Quer saber o que eu penso sobre como você agiu?". E se a pessoa der uma resposta negativa, respeite e vá cuidar de outra coisa. Ela já sabe que você pensa algo a respeito e se ela quiser saber o que é, com certeza, irá te procurar, no tempo dela.

  • Garanta que suas observações estão baseadas em fatos e não achismos - descarregar um monte de informações sobre alguém baseadas apenas em percepções e primeiras impressões é estratégia fatal para cometer injustiças.

  • Elimine linguagens e posturas agressivas e arrogantes - É muito comum as pessoas deixarem que as emoções controlarem a forma como a comunicação acontece e, aí, surgem os destemperos, palavras inadequadas ou colocadas com o tom de voz incorreto.

 

Lembre-se: Enquanto seus pensamentos são privados, os seus comportamentos são públicos!

 

Sucesso para você!

 

Gilson Filho

Please reload

© 2018 by Gilson Filho

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Pinterest Icon